Histórico

Benefix Sistemas 

Fruto do spin-off de uma Divisão de Negócios da Xerox do Brasil, A Benefix e sua estrutura de parceiros, é composta por ex-executivos da divisão e de todas equipes de desenvolvimento tecnológico, jurídico e operacional, responsáveis pela operação da solução Central do ISSQN.

Por volta de 1997, com o advento da criação da nova marca da Xerox, The Document Company, todo o direcionamento estava em dar ao documento uma importância que transcendesse ao papel impresso ao final dos processos de negócios das empresas. Ele deveria refletir como uma parte importante do próprio processo de negócio e ser responsável por levar comunicação, informação e conhecimento ao destino ou propósito a que ele foi desenvolvido.

Surgiu então, a necessidade de conhecimento dos processos das empresas, de forma mais aprofundada, a fim de desenvolver soluções, valor agregado que não fossem para viabilizar a produção desses documentos, mas torná-los fator importante nos resultados de negócios dos clientes da Xerox.

Com este conceito, áreas de Professional Services foram criadas e produtos tais como o Documentum, desenvolvidos pela Xerox em Palo Alto, foram comercializados como ferramentas de gestão de documentos e processos, ganhando foco de investimento em capacitação das áreas comerciais e tecnológicas de desenvolvimento e suporte.

A Divisão que deu origem a Benefix foi fruto de uma parceria realizada pela Xerox no segmento de governo, pela oportunidade observada por um de seus executivos, hoje um dos sócios da Benefix, na gestão da nota fiscal, mais precisamente, no âmbito do setor municipal, visando a redução da evasão do ISSQN – Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza. Por sua vez, a nota fiscal é um documento de grande importância para o resultado de “negócio” das administrações públicas, visto que a sua não emissão ou comunicação do fato gerador, representa o não recebimento dos respectivos impostos, principal fonte de receita das administrações públicas e por sua vez, a evasão destas.

A proposta de criação de uma solução, que tenha na gestão destes documentos o propósito de reprimir a evasão fiscal, configura um modelo de importância estratégica para o setor, que de forma comparativa, seria mudar o foco da produção do documento para o controle deste contra a evasão fiscal, inclusive tendo na produção dos elementos de controle da sua emissão, barreiras contra a duplicação, clonagem, etc, elementos que contribuem em grande parte no processo de evasão.

Com a decisão estratégica da Xerox, em âmbito mundial, de focar no desenvolvimento de produtos e reduzir seu foco em serviço, 2001 foi o marco de mudanças no Brasil. Iniciou-se então, o processo de terceirização de vendas para os mercados de médias e pequenas empresas, além de outras decisões como a venda da Divisão de produtos para o segmento SOHO (small office e home office), que permitiu a criação da Benefix.

A Benefix, fundada em Setembro de 2003, foi criada em função do convite feito pela Diretoria Executiva da Xerox, em linha com a estratégia de saída do segmento de serviços, não diretamente relacionados aos seus produtos. A empresa cresceu e diversificou com produtos e serviços inovadores.

Atualmente, a Benefix atua no mercado privado oferecendo sistemas de gestão de documentos fiscais em todas esferas governamentais, com interfaces simples e alia tecnologia e serviços como um diferencial no mercado. Atua com sistemas de ISSQN e gerou a primeira NF-e emitida no país, no segmento de combustíveis com a Goiasa Goiatuba, em 2007, após o piloto nacional.

A Benefix Possui soluções para empresas e sistemas de gestão para emissão de notas de serviços (ISSQN), nota eletrônica (ICMS) e nota de varejo (NFC-e), esta, como patrocinadora oficial do projeto.